Filmes

Filmes sci-fi: o que esta vindo

Ano 2021
  • Aqui estão os filmes de ficção científica que estarão chegado até o final de ano.

    Justice League: The Snyder's Cut

    Zack Snyder, 2021
  • Comumente conhecido como "Snyder's Cut", é a próxima versão do diretor do filme de super-heróis americanos de 2017, Justice League, o quinto filme do DC Extended Universe (DCEU) e baseado na equipe de super-heróis de mesmo nome da DC Comics. Você verá a versão original de 4 horas, conforme planejado pelo diretor Zack Snyder antes de deixar a produção e Joss Whedon assumir. Muito parecido com a estreia teatral, a Liga da Justiça de Zack Snyder segue a equipe de mesmo nome - Batman, Superman, Mulher Maravilha, Flash, Aquaman e Cyborg - enquanto tentam salvar o mundo da ameaça catastrófica de Steppenwolf e seu exército de parademons.

    DUNE

    Denis Villeneueve, 2021
  • A espera acabou. Podemos finalmente dar uma primeira olhada em Dune, o novo filme que vai adaptar a obra literária de Frank Herbert e um dos maiores clássicos da ficção científica. Dune será o primeiro de dois filmes a adaptar o primeiro romance da saga de Herbert. No trailer de quase três minutos, podemos ver como Paul e sua família foram enviados para o planeta deserto Arrakis, que é a fonte de uma poderosa especiaria chamada "Melange", necessária para viagens interestelares. O conflito entre as várias casas ou famílias ocorrerá neste planeta, incluindo a tentativa de assassinato de toda a família Atreides. Dune será lançado em 18 de dezembro nos cinemas de todo o mundo.

    Bloodshot

    Dave Wilson (II), 2020
  • Bloodshot é um ex-soldado com poderes especiais: o de regeneração e a capacidade de se metamorfosear. Assassinado ao lado da esposa, ele é ressuscitado e aprimorado com nanotecnologia, desenvolvendo tais habilidades. Ao apagarem sua memória várias vezes, ele finalmente descobre quem realmente é e parte em um busca de vingança daqueles que mataram sua família.

    Projeto Gemini

    Ang Lee, 2019
  • Henry Brogan (Will Smith) é o melhor assassino profissional do mundo, com uma taxa de sucesso maior do que de qualquer outro, mas, quando decide se aposentar, acaba se tornando um alvo da Agência de Inteligência de Defesa dos Estados Unidos, para quem trabalhava anteriormente. Enquanto luta para se manter vivo, ele se depara com um clone de si mesmo e descobre que as ações do governo americano são para esconder um grande segredo, que só Brogan, com toda sua experiência, é capaz de desmascarar.

    Jogador Nº 1

    Steven Spielberg, 2018
  • Filme baseado em um livro do mesmo nome (Ernest Cline). Quando o criador de um mundo de realidade virtual chamado OASIS morre, ele lança um vídeo no qual ele desafia todos os usuários do OASIS a encontrar seu Easter Egg, que dará ao descobridor sua fortuna. É um filme para curtir, com a assinatura de Steven Spielberg. No entanto, esse sentimento de jogos arcade dos anos oitenta continua em dívida.

    Blade Runner 2049

    Denis Villeneuve, 2017
  • Trinta anos após os eventos do primeiro filme, um novo agente da LAPD, o oficial K (Ryan Gosling), descobre um segredo há muito enterrado que tem o potencial de mergulhar o que sobrou da sociedade no caos. A descoberta de K leva-o em uma missão para encontrar Rick Deckard (Harrison Ford), um ex-Blade Runner de LAPD que está desaparecido há 30 anos. Neste filme temos uma perspectiva que é desprovida de humanidade e cheia da frieza curiosa daqueles que nasceram adultos em um mundo herdado. Se Blade Runner é a visão de um universo humano em decadência, Blade Runner 2049 é a representação de uma perspectiva andróide vital e estranhamente fria. Se Blade Runner foi uma história desesperada sobre o homem deixado na Terra, preso pelos eternos demônios da vida e da morte; Blade Runner 2049 é uma história esperançosa sobre as possibilidades de uma nova evolução, do próximo passo da humanidade no futuro dos andróides que ele criou como um deus degenerado. Impecável!

    Arrival

    Denis Villeneuve, 2016
  • Quando espaçonaves misteriosas pousam em todo o globo, uma equipe de elite - liderada pela lingüista especialista Louise Banks (Amy Adams) - é reunida para investigar. Enquanto a humanidade oscila à beira da guerra global, Banks e a equipe correm contra o tempo em busca de respostas - e para encontrá-las, ela arriscará uma chance que poderia ameaçar sua vida, e possivelmente a humanidade.

    Mad Max: Fury Road

    George Miller, 2015
  • Do diretor George Miller, criador do gênero pós-apocalíptico e mentor por trás da lendária franquia “Mad Max”, vem “Mad Max: Fury Road”, um retorno ao mundo do guerreiro da estrada, Max Rockatansky. Assombrado por seu passado turbulento, Mad Max acredita que a melhor maneira de sobreviver é vagar sozinho. No entanto, ele é arrastado por um grupo que foge pelo Wasteland em uma plataforma de guerra dirigida por uma imperiosa da elite, Furiosa. Eles estão escapando de uma cidadela tiranizada pelo imortan Joe, de quem algo insubstituível foi tomado. Enfurecido, o Senhor da Guerra organiza todas as suas gangues e persegue os rebeldes impiedosamente na alta guerra das estradas que se segue.

    Ex-machina

    Alex Garland, 2015
  • Filme fascinante sobre Inteligencia Artificial. Um jovem programador é selecionado para participar de um experimento inovador em inteligência sintética, avaliando as qualidades humanas de um humanoide de tirar o fôlego. Um teste de Turing indo alem dos limites... espectacular!

    Star Wars: The Force Awakens

    J.J. Abrams, 2015
  • Trinta anos após a vitória da Aliança Rebelde sobre a segunda Estrela da Morte (fatos narrados no Episódio VI: O Retorno dos Jedi), a galáxia ainda está em guerra. Uma nova República foi formada, mas uma organização sinistra, a Primeira Ordem, ressurgiu das cinzas do Império Galáctico. Para os heróis do passado, que agora estão lutando na Resistência, novos heróis são adicionados: Poe Dameron, um piloto de caça, Finn, um soldado desertor da Primeira Ordem, King, um jovem ferro-velho e BB-8, um andróide rolante . Todos eles lutam contra as forças do Mal: Capitão Phasma, da Primeira Ordem, e Kylo Ren, um personagem temível e misterioso que usa um sabre de luz vermelho. Fiel à saga anterior de George Lucas.

    Perdido em Marte

    Ridley Scott, 2015
  • O astronauta Mark Watney (Matt Damon) é enviado a uma missão em Marte. Após uma severa tempestade ele é dado como morto, abandonado pelos colegas e acorda sozinho no misterioso planeta com escassos suprimentos, sem saber como reencontrar os companheiros ou retornar à Terra.

    Interestelar

    Christopher Nolan, 2014
  • Quando um buraco de minhoca (que hipoteticamente conecta regiões do espaço-tempo separadas) é descoberto recentemente, uma equipe de exploradores e cientistas embarca em uma viagem através dele para transcender as limitações anteriores das viagens espaciais humanas. Matthew McConaughey, Jessica Chastain, Anne Hathaway, Casey Affleck, Michael Caine, John Lithgow, Grace Topher, Wes Bentley, David Oyelowo e Matt Damon, entre outros, compõem o elenco espetacular que Nolan reuniu para seu nono longa-metragem. "Interstellar" - inicialmente um projeto de Steven Spielberg - faz parte de um roteiro escrito pelo diretor com seu irmão Jonathan Nolan. A história segue as aventuras de um grupo de exploradores que fazem uso de um buraco de minhoca recém-descoberto para conquistar as vastas distâncias de uma jornada interestelar. Espectacular!

    No limite do amanhã

    Doug Liman, 2014
  • Quando a Terra é tomada por alienígenas, Bill Cage (Tom Cruise), relações públicas das Forças Armadas dos Estados Unidos, é obrigado a ir para a linha de frente no dia do confronto final. Inexplicavelmente ele acaba preso no tempo, condenado a reviver esta data repetidamente. A cada morte e renascimento, Cage avança e, antecipando os acontecimentos, tem a chance de mudar o curso da batalha com o apoio da guerreira Rita Vrataski (Emily Blunt).

    Gravidade

    Alfonso Cuarón, 2013
  • Com Gravity, o diretor mexicano Alfonso Cuarón enfrentou vários problemas. O principal deles, é claro, é a abordagem original: quase 95% do filme acontece no espaço. Então, a mudança de protagonistas, repetidas vezes, questionou a viabilidade do projeto e, no final, a relutância em desenvolver o roteiro com um tema de Hollywood. Tudo isso foi resolvido no final, mas surgiu um novo desafio: fazer o filme funcionar. Em Gravity, a Dra. Ryan Stone (Sandra Bullock) está mantendo alguns equipamentos que foram conectados ao Hubble, na companhia de Shariff, um técnico da NASA e Matt Kowalski (George Clooney), um astronauta veterano em sua equipe na sua última missão. Após a destruição de um satélite russo, a tarefa é complicada, ao ponto em que Stone e Kowalski estão à deriva no espaço.

    Prometheus

    Ridley Scott, 2012
  • A premissa é simples: o final do século XXI. Um grupo de cientistas e exploradores embarca em uma viagem espacial de mais de dois anos no navio Prometheus para um planeta remoto recém-descoberto, onde sua capacidade física e mental será colocada à prova. O objetivo da missão é encontrar respostas para o maior dos mistérios: a origem da vida na Terra. Ridley Scott, diretor de 'Alien' e 'Blade Runner', retorna ao gênero que ajudou a definir. Com Prometheus, ele cria uma mitologia inovadora e única.Aqui, o quipe de exploradores são levados em uma jornada emocionante para os cantos mais escuros do universo. Lá, eles devem lutar uma batalha aterrorizante para salvar o futuro da raça humana.

    A Origem

    Christopher Nolan, 2010
  • Em um mundo onde é possível entrar na mente humana, Cobb (Leonardo DiCaprio) está entre os melhores na arte de roubar segredos valiosos do inconsciente, durante o estado de sono. Além disto ele é um fugitivo, pois está impedido de retornar aos Estados Unidos devido à morte de Mal (Marion Cotillard). Desesperado para rever seus filhos, Cobb aceita a ousada missão proposta por Saito (Ken Watanabe), um empresário japonês: entrar na mente de Richard Fischer (Cillian Murphy), o herdeiro de um império econômico, e plantar a ideia de desmembrá-lo. Para realizar este feito ele conta com a ajuda do parceiro Arthur (Joseph Gordon-Levitt), a inexperiente arquiteta de sonhos Ariadne (Ellen Page) e Eames (Tom Hardy), que consegue se disfarçar de forma precisa no mundo dos sonhos.

    Tron: Legacy

    Dezembro, 2010
  • A história segue Sam, filho de Flynn, que responde a uma suposta mensagem de seu pai, desaparecido desde 1989, e entra em uma sala secreta no abandonado Fliperama do Flynn. Assim, ele é transportado para a Grade, onde junto com seu pai e o algoritmo Quorra, deve impedir o malevolente programa Clu de subjugar completamente o mundo computacional e também o real. O filme recebeu críticas mistas que aclamaram a trilha sonora e os efeitos e criticaram a falta de desenvolvimento dos personagens e a suas representações. Tron: o Legado teve um orçamento de US$170 milhões e arrecadou US$400.062.763 mundialmente, sendo considerado um sucesso de bilheteria.

    Star Trek

    J.J. Abrams, 2009
  • O ousado James T. Kirk tenta viver de acordo com o legado de seu pai, com Spock mantendo-o sob controle, enquanto um romulano que viaja pelo tempo, vingativo, cria buracos negros para destruir a Federação, um planeta de cada vez. Não costuma acontecer que duas horas no cinema passem como relâmpagos. Mesmo Spock, personagem caracterizado pela frieza da razão e da lógica, é levado pela excitação e adrenalina que move a nova e luxuosa Enterprise. O produtor, diretor e roteirista (e o que for preciso) J.J. Abrams teve a tarefa de recomeçar a saga de 'Star Trek', com a ideia de atrair o maior público possível, compondo, a partir dos elementos mais reconhecidos da obra de Gene Roddenberry, um blockbuster de sucesso que lançou as bases para futuras continuações. Vale a pena!

    Avatar

    James Cameron, 2009
  • Jake Sully (Sam Worthington) ficou paraplégico após um combate na Terra. Ele é selecionado para participar do programa Avatar em substituição ao seu irmão gêmeo, falecido. Jake viaja a Pandora, uma lua extraterrestre, onde encontra diversas e estranhas formas de vida. O local é também o lar dos Na'Vi, seres humanóides que, apesar de primitivos, possuem maior capacidade física que os humanos. Os Na'Vi têm três metros de altura, pele azulada e vivem em paz com a natureza de Pandora. Os humanos desejam explorar a lua, de forma a encontrar metais valiosos, o que faz com que os Na'Vi aperfeiçoem suas habilidades guerreiras. Como são incapazes de respirar o ar de Pandora, os humanos criam seres híbridos chamados de Avatar. Eles são controlados por seres humanos, através de uma tecnologia que permite que seus pensamentos sejam aplicados no corpo do Avatar. Desta forma Jake pode novamente voltar à ativa, com seu Avatar percorrendo as florestas de Pandora e liderando soldados. Até conhecer Neytiri (Zoe Saldana), uma feroz Na'Vi que conhece acidentalmente e que serve de tutora para sua ambientação na civilização alienígena.

    Eu, Robô

    Alex Proyas, 2004
  • Em 2035 a existência de robôs é algo corriqueiro, sendo usados constantemente como empregados e assistentes dos humanos. Os robôs possuem um código de programação chamado Lei dos Robóticos, que impede que façam mal a um ser humano. Esta lei parece ter sido quebrada quando o Dr. Miles aparece morto e o principal suspeito de ter cometido o crime é justamente o robô Sonny. Caso Sonny realmente seja o culpado, a possibilidade dos robôs terem encontrado um meio de quebrarem a Lei dos Robóticos pode permitir que eles dominem o planeta, já que nada mais poderia impedi-los de subjugar os seres humanos. Para investigar o caso é chamado o detetive Del Spooner (Will Smith) que, com a ajuda da Dra. Susan Calvin (Bridget Monayhan), precisam desvendar o que realmente aconteceu.

    Independente: Equilibrium

    Kurt Wimmer, 2002
  • Nos primeiros anos do século XXI, aconteceu a 3ª Guerra Mundial. Aqueles que sobreviveram sabiam que a humanidade jamais poderia sobreviver a uma outra guerra. Então foi criado o Clero Grammaton, cuja única tarefa é procurar e erradicar a real fonte de crueldade entre os humanos: a capacidade de sentir. Desde então existe um estado tolitário, a Libria. Foi decretado que os cidadãos devem tomar diariamente Prozium, uma droga que nivela o nível emocional e qualquer violação a lei é punida com a pena de morte. John Preston (Christian Bale) é um Grammaton, um oficial da elite da lei, que caça e pune os "ofensores", além de ter poder para mandar destruir qualquer obra de arte. Um dia, acidentalmente, Preston não toma o remédio. Pela primeira vez ele sente emoções e começa a fazer questionamentos sobre a ordem dominante.

    Independente: 13º Andar

    Josef Rusnak, 1999
  • Douglas Hall e seu sócio, Hannon Fuller, dois pesquisadores da área de informática, estão prestes a colher resultados positivos em seu último projeto: desenvolver um mundo simulado utilizando realidade virtual. Porém, Fuller misteriosamente assassinado, antes de passar informações importantes sobre o projeto para Douglas, que agora o principal suspeito de ter efetuado o crime. Desorientado e em busca da verdade em torno dos acontecimentos, Douglas decide por entrar no mundo simulado para investigar a morte de Fuller.

    Independente: eXistenZ

    David Cronenberg, 1999
  • Allegra Geller (Jennifer Jason Leigh) é uma renomada designer de jogos. Enquanto testa sua nova criação, eXistenZ, ela torna-se alvo de assassinos fanáticos. Em fuga desenfreada, Allegra preocupa-se com a integridade do programa e decide entrar no mundo virtual junto com seu guarda-costas, Ted Pikul (Jude Law).

    Independente: Cidade das sombras

    Alex Proyas, 1998
  • Em uma cidade em que sempre noite, John Murdoch (Rufus Sewell) acorda sozinho em um hotel, para descobrir que perdeu sua memória e o principal suspeito de ser o autor de brutais e bizarros assassinatos. Ele passa então a ser implacavelmente perseguido por um inspetor (William Hurt), ao mesmo tempo em que conta com a ajuda do Dr. Pehreber (Kiefer Sutherland) para compreender o que está acontecendo.

    Independente: Cubo

    Vincenzo Natali, 1997
  • Um policial (Maurice Dean Wint), um ladrão (Wayne Robson), uma matemática (Nicole de Boer), uma psicóloga (Nicky Guadagni), um arquiteto (David Hewlett) e um jovem autista (Andrew Miller) são misteriosamente presos em um labirinto de alta tecnologia. Sem comida nem água, eles precisam encontrar um meio de sair do local. Mas precisam também tomar cuidado para não acionar armadilhas letais, que surgem em estranhos cubos.

    Clássico: The Matrix

    Irmãs Wachowski, 1999
  • O filme descreve um futuro distópico no qual a realidade, como percebida pela maioria dos humanos, é, na verdade, uma realidade simulada chamada "Matrix", criada por máquinas sencientes para subjugar a população humana, enquanto o calor e a atividade elétrica de seus corpos são usados ​​como fonte de energia. O cibercriminoso e programador de computador Neo aprende esta verdade e é atraído para uma rebelião contra as máquinas, que envolve outras pessoas que foram libertadas do "mundo dos sonhos". Lançado em março de 1999, Matrix custou US$ 65 milhões e rendeu mais de US$ 456 milhões. Matrix Reloaded, lançado em maio de 2003, custou US$ 127 milhões, mas já faturou mais US$ 740 milhões e entrou para a lista dos filmes mais vistos da história. A continuação foi também o primeiro filme a arrecadar mais de 100 milhões em um único final de semana. Só no Brasil, mais de 5 milhões de pessoas foram ao cinema prestigiar a segunda parte da trilogia.

    Clássico: O vingador do futuro

    Paul Verhoeven, 1990
  • 2084. Douglas Quaid (Arnold Schwarzenegger) é um construtor e tem pesadelos recorrentes envolvendo uma viagem a Marte. Ele vai até a Rekall Inc., uma empresa que realiza implantes de memória que dão a sensação aos clientes de terem um final de semana dos sonhos. A intenção de Douglas é que seja implantada a memória de uma viagem a Marte, mas durante o processo algo sai errado. Ele perde a memória e passa a ser perseguido por assassinos, entre eles sua esposa Lori (Sharon Stone). Desorientado, Douglas descobre que na verdade chama-se Hauser e que é um agente da inteligência marciana. Em busca de respostas, ele viaja para Marte. Impressionante.

    Clássico: Robocop

    Paul Verhoeven, 1987
  • Depois de ter sido mortalmente ferido em cerco a marginais, policial (Peter Weller) transformado num misto de máquina e homem a serviço da justiça. quando tem que enfrentar uma gangue disposta a dominar a cidade, sob a custódia legal de poderoso executivo.

    Clássico: O predador

    John McTiernan, 1987
  • O major Alan "Dutch" Schaefer (Arnold Schwarzenegger) lidera uma equipe de resgate em uma selva da América Central, para tentar encontrar um ministro estrangeiro e funcionários do governo que saíram da rota e se perderam. O exército acredita que eles estejam nas mãos de guerrilheiros, mas o que eles não imaginam é que a floresta esconde uma ameaça mortal, um ser de outro planeta, fortemente armado, que sente enorme prazer em matar.

    Clássico: O exterminador do futuro

    James Cameron, 1984
  • Los Angeles, ano 2029. Máquinas dominam o mundo. Os rebeldes que lutam contra eles são liderados por John Connor, um homem nascido nos anos oitenta. Para acabar com a rebelião, as máquinas decidem enviar o passado para um robô -Terminador - cuja missão será eliminar Sarah Connor, mãe de John, e assim impedir seu nascimento. Finalmente, o filho de Sarah, John Connor, vem ao mundo graças a Kyle Reese, um humano da resistência, que luta contra o Terminator para ajudar a jovem e seu filho. O plano das máquinas não funcionou. O começo de uma fantástica saga.

    Clássico: Dune

    David Lynch, 1984
  • Em 10.190 D.C., um duque e sua família são mandados pelo Imperador para Arrakis, um árido planeta conhecido como Duna, que tem uma matéria essencial às viagens interplanetárias: a Especiaria. O motivo desta mudança é que o Imperador planeja destruir o duque e sua família, mas seu filho escapa e procura se vingar usando a ecologia deste mundo como uma de suas armas.

    Clássico: Blade Runner

    Ridley Scott, 1982
  • No século 21, a Tyrell Corporation desenvolve clones humanos para serem usados como escravos em colônias fora da Terra, identificados como replicantes. Em 2019, um ex-policial, o Blade Runner Deckard, é contratado para caçar um grupo de clones fugitivos que escapam de uma colônia fora do mundo e vêm para a Terra (Los Angeles). A trilha sonora do Vangelis é, simplesmente, impecável. As atuações de Harrison Ford, Rutger Hauer e Sean Young são colosais, e uma fotografia sombría, com uma atmosfera cyberpunk de visões futuristas decadentes e deprimentes, mostra um futuro sem esperança. Todo um clássico da ficção cientifica.

    Clássico: Star Trek I

    Robert Wise, 1979
  • Um fenômeno alienígena de poder e tamanho descomunal se aproxima da Terra, destruindo tudo em seu caminho. A única nave que pode enfrentar esta força letal que ameaça a Terra é a U.S.S. Enterprise. O lendário comandante James T. Kirk (William Shatner) é convocado para a missão, mas um perigo não previsto pode destruir a U.S.S. Enterprise e toda a sua tripulação.

    Clássico: Alien - O 8º Passageiro

    Ridley Scott, 1979
  • Em um futuro distante, a tripulação da espaçonave comercial Nostromo está a caminho de casa quando recebe um pedido de socorro de uma distante lua. A tripulação tem a obrigação de investigar e a espaçonave desce na lua depois. Depois de um pouso forçado, três tripulantes deixam a espaçonave para explorar a área na lua. Ao mesmo tempo em que descobrem uma colônia de colméia de alguma criatura desconhecida, o computador da nave decifra a mensagem como um aviso, não como um pedido de socorro. Quando um dos ovos é perturbado, a tripulação percebe que eles não estão sozinhos na espaçonave e devem lidar com as conseqüências. Este filme tornou-se uma referência para o cinema contemporâneo, menos por seus temas espaciais do que pela maneira de instigar o espectador com sugestões ao invés de imagens explícitas. Além disso, criou um dos melhores slogans da história do cinema: “No espaço, ninguém pode ouvir você gritar”, sintetizando com perfeição a mistura entre terror e ficção científica, além de sugerir uma aterrorizante ideia de solidão, abandono e impotência. Imperdivel!

    Clássico: Star Wars IV

    George Lucas, 1977
  • Em Guerra nas Estrelas, o jovem Luke Skywalker (Mark Hamill) sonha ir para a Academia como seus amigos, mas se vê envolvido em uma guerra intergalática quando seu tio compra dois robôs e com eles encontra uma mensagem da princesa Leia Organa (Carrie Fisher) para o Jedi Obi-Wan Kenobi (Alec Guinness) sobre os planos da construção da Estrela da Morte, uma gigantesca estação espacial com capacidade para destruir um planeta. Luke então se junta aos cavaleiros Jedi e a Han Solo (Harrison Ford), um mercenário, para tentar destruir esta terrível ameaça ao lado dos membros da resistência.

    Clássico: 2001 uma odisséia espacial

    Stanley Kubrick, 1968
  • A humanidade encontra um objeto misterioso, obviamente artificial, enterrado sob a superfície lunar e, com o computador inteligente H.A.L. 9000, inicia uma missão. O filme de ficção científica por excelência da história do cinema conta os diversos períodos da história da humanidade, não só do passado, mas também do futuro. Milhões de anos atrás, antes do aparecimento do "homo sapiens", os primatas descobrem um monólito que os leva a um estágio de inteligência superior. Milhões de anos depois, outro monólito, enterrado na lua, desperta o interesse dos cientistas. Finalmente, durante uma missão da NASA, a H.A.L. 9000, uma máquina equipada com inteligência artificial, é responsável pelo controle de todos os sistemas de uma espaçonave tripulada. Todo um clássico.