DOCUMENTÁRIOS

Cosmos: Mundos Possíveis

  • Neil deGrasse Tyson, 2019

    Após o sucesso em 2014 como a série mais assistida nos canais da National Geographic, e vista por mais de 135 milhões de pessoas em todo o mundo, a nova temporada vai estrear novamente nos EUA tanto na FOX quanto na National Geographic, em 171 países e 43 idiomas. As duas primeiras temporadas da série transportaram uma audiência global para os confins mais profundos e recantos mais profundamente ocultos do universo. No decorrer dessas viagens, a série dramatizou a vida de muitos dos pesquisadores esquecidos que contribuíram para a compreensão do mundo de quem, quando e onde estamos no universo. "Cosmos: Mundos Possíveis" vai se aventurar em territórios anteriormente desconhecidos.

    Cosmos: Uma Odisséia no Espaço-Tempo

  • Neil deGrasse Tyson, 2014

    Depois de três décadas, a serie Cosmos retorna. Uma exploração da nossa descoberta das leis da natureza no espaço e no tempo. Cosmos: Uma Odisséia no Espaço-Tempo inventa novas narrativas científicas de maneira a revelar a imensidão do universo e reinventar elementos míticos da série original, incluindo o calendário cósmico (Cosmic Calendar) e a Nave espacial da Imaginação (Ship of the Imagination). Unindo ceticismo e pensamento, e interligando a ciência rigorosa com elementos visuais, emocionais e espirituais, esta é uma experiência transcendente – a visão do cosmos na sua imensa escala tal como a conhecemos.

    Cosmos: Uma viagem pessoal

  • Carl Sagan, 1980

    Cosmos foi uma série de TV realizada por Carl Sagan e sua esposa Ann Druyan, produzida pela KCET e Carl Sagan Productions, em associação com a BBC e a Polytel International, veiculada na PBS em 1980. A série Cosmos é um dos mais formidáveis exemplos da amplitude e eficácia que a divulgação científica pode atingir por meios audiovisuais, quando servida por uma personalidade carismática como Carl Sagan e por meios técnicos adequados. Como essas pessoas são necessárias nestes dias de escuridão e ignorância intelectual.

    Decodificando o universo

  • Brian Greene, 2016

    Neste documentário, Brian Greene explora várias facetas do nosso universo: do micromundo em escala atômica, até a formação de galáxias e à evolução do universo como um todo. Como em seu livro best-seller, Greene nos mostra um universo elegante e fantástico.

    O universo elegante

  • Brian Greene, 2016

    Começando com uma breve consideração da física clássica, que se concentra nos principais conflitos da física, Greene estabelece um contexto histórico para a teoria das cordas como um meio necessário de integrar o mundo probabilístico do modelo padrão da física de partículas e da física Newtoniana determinística do mundo macroscópico. Greene discute o problema essencial que a física moderna enfrenta: a unificação da teoria da relatividade geral de Albert Einstein e da mecânica quântica. Greene sugere que a teoria das cordas é a solução para essas duas abordagens conflitantes. Greene freqüentemente usa analogias e experimentos mentais para fornecer um meio para o leigo chegar a um acordo com a teoria que tem o potencial de criar uma teoria unificada da física.

    Maravilhas do Universo

  • Brian Cox, 2010

    Neste documentario da BBC, Cox aborda a natureza do tempo. Explora os ciclos de tempo que definem as vidas dos humanos na Terra e compara-os aos ciclos do tempo à escala cósmica. Cox discute também a segunda lei da termodinâmica e a sua influência sobre o tempo e a teoria da morte do calor relativa ao fim do Universo. Também fala sobre os elementos que constituem todos os seres vivos, incluindo os humanos. Ele explica como estes elementos estão relacionados com os ciclos de vida das estrelas e a reciclagem de matéria no Universo. Além disso, documenta a forma como a gravidade exerce a sua influência por todo o Universo e como uma força relativamente fraca cria uma órbita. Veremos também como funciona a gravidade de uma estrela de neutrões. Por fim, é-nos apresentada uma retrospectiva sobre a forma como a gravidade nos permitiu compreender melhor o cosmos. Finalmente, mostra-nos como as propriedades únicas da luz nos dão um vislumbre da origem e desenvolvimento da Humanidade e do Universo. Veremos também como a velocidade da luz é simultaneamente uma medida de tempo e de distância, um facto que nos levará a visitar um dos primeiros eventos na evolução da vida. Vale muito a pena.